30/06/2017

Papa critica 'excesso' de desigualdades sociais na América Latina

Papa critica 'excesso' de desigualdades sociais na América Latina

O papa Francisco falou sobre a situação da América Latina nesta sexta-feira (30) durante uma audiência pelo 50º aniversário do Instituto Ítalo-Latino Americano (Iila) e criticou o "excesso de desigualdades" que existem no continente.   Segundo o Pontífice, a "atual crise econômica e social atingiu a população e produziu um aumento da pobreza, do desemprego, das desigualdades sociais assim como a exploração e o abuso de nossa 'casa comum' [o meio-ambiente]".   "Perante essa situação, há a necessidade de uma análise que leve em conta a realidade concreta das pessoas, a realidade de nosso povo. Isso ajudará a perceber quais são as necessidades reais que existem, bem como perceber a riqueza que cada pessoa tem e que cada povo leva consigo", disse aos membros do Iila.   O Papa argentino destacou que o continente latino-americano tem países com "riqueza de histórias, cultura e recursos naturais" e disse que as populações locais são formadas por "pessoas boas e solidárias com outros povos".  

Nenhum comentário:

Postar um comentário