28/06/2017

Com novo patrocinador, GP do Brasil de F-1 deve escapar do prejuízo neste ano

Com novo patrocinador, GP do Brasil de F-1 deve escapar do prejuízo neste ano

Depois de amargar um prejuízo de cerca de R$ 100 milhões no ano passado, o GP do Brasil de Fórmula 1 deve se recuperar financeiramente na atual temporada. A chegada de um novo patrocinador master deve deixar as contas da corrida brasileira no azul neste ano, segundo o promotor do GP, Tamas Rohonyi.  "A previsão é de que este deve ser um ano bom até. O ritmo de venda de ingressos neste momento está 50% acima do que estava no ano passado. Não sei dizer exatamente por quê", afirmou Rohonyi, ao ser questionado pelo Estado. Ele concedeu entrevista a poucos veículos nesta segunda-feira, ao anunciar a troca do hospital oficial da corrida.  Sem revelar estimativas, ele acredita que não haverá prejuízos neste ano, ao contrário da previsão feita ao Estado no GP do Brasil de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário