07/04/2017

Soldado tem testículo retirado após tortura em trote do Exército

Soldado tem testículo retirado após tortura em trote do Exército


Um soldado da 27ª Brigada de Infantaria Paraquedista, que preferiu não se identificar, denunciou violências sofridas durante uma sessão de trote aplicada por um grupo de 18 militares, todos superiores. De acordo com ele, que falou ao portal O Globo, o sonho de ingressar no Exército foi deixado de lado, há duas semanas, por conta das agressões. No trote o calouro é submetido a um intenso espancamento com os pés e mãos amarrados pelos veteranos sem nenhuma chance de defesa. O militar contou que levou chutes e foi espancado, com uso de paus, pedaços de fios e de plásticos por dois minutos. No final, um um cabo, conhecido como “Cachorro Louco”, foi em direção ao soldado simulando um cão e mordendo violentamente suas nádegas. Após a agressão, como contou ao portal, restaram inúmeras marcas e ferimentos pelo corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário