20/01/2017

BC avalia mudanças no cartão e considera acabar com compra parcelada sem juro

BC avalia mudanças no cartão e considera acabar com compra parcelada sem juro


O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, declarou nesta quinta-feira (19), durante entrevista em Davos (Suíça), que é preciso "repensar" o sistema de cartões de crédito brasileiro e melhorá-lo "ao longo do tempo". Goldfajn lembrou que o governo anunciou recentemente medidas para baixar os juros cobrados no cartão de crédito, que estão próximos de 500% ao ano, mas explicou que as mudanças não devem se restringir ao que já foi divulgado. "O cartão tem uma medida [já anunciada] e tem uma discussão que vai continuar depois. A gente tem de repensar um pouco o nosso modelo. O modelo funciona, mas a gente acha que pode melhorar ao longo do tempo", disse o presidente do BC a jornalistas. "A norma vai sair. E ,depois da norma, a gente vai repensar junto com o sistema. Vamos repensar como a gente pode melhorar ele ao longo do tempo", complementou ele. Questionado se o governo poderia mudar as regras para impedir o parcelamento de compras no cartão de crédito sem a incidência de juros, ele não afastou a ideia. "A gente não adianta medidas. A gente vai pensar. Não quero adiantar nada nesse sentido", afirmou o presidente do Banco Central.

Nenhum comentário:

Postar um comentário